Calor Condutivo

 

voltar

A exposição ao calor condutivo ocorre quando o indivíduo mantém contato direto com uma superfície aquecida.

É o risco térmico mais comum no ambiente, pois atinge diretamente a parte do corpo humano mais utilizada durante a jornada de trabalho, as mãos do trabalhador, com conseqüências imediatas.

Diversas atividades propiciam esse risco, como por exemplo, o manuseio de peças quentes, atividade de soldas, atividades em fornos de laboratórios, cozinha industrial, padarias, etc.

Neste caso, para uma efetiva proteção térmica, é necessário que o indivíduo utilize um EPI confeccionado com materiais de baixa condutividade térmica como por exemplo fibras de aramida; Devemos considerar que além da exposição à temperatura também haverá uma pressão sobre a parte do corpo atingida (a mão) e dessa forma a atenuação do(s) material (is) utilizados na confecção do EPI deverá ser mais eficiente que no caso do calor convectivo.

Podemos ainda confeccionar o EPI com camadas múltiplas, forradas internamente, visando aumentar o volume de ar entre as camadas e atenuando a transmissão térmica entre a superfície aquecida e a parte do corpo em contato com a mesma.

Produtos : Luvas Térmicas, Cozinha Industrial.

Materiais: Thermex P, Thermex C, Thermex PBI-NF.